Núcleo de Mediação de Araçatuba vira exemplo do serviço no País

Núcleo de Mediação de Araçatuba vira exemplo do serviço no País

A Polícia Militar do Estado de São Paulo publicou nota de instrução, baseada no Numec (Núcleo de Mediação Comunitária) de Araçatuba, autorizando e disciplinando a instalação desse tipo de serviço nas demais unidades da PM. Ele foi o primeiro do Estado a ter a parceria com o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) para homologação e publicação oficial dos acordos celebrados.

Segundo a assessoria de imprensa da SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado, o município, por meio CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior), foi pioneiro nas homologações judiciais oficiais e o Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania) da PM local é uma iniciativa pioneira das polícias militares. \"O modelo serviu de inspiração para a elaboração da norma, disseminada a todo o Estado, e despertou o interesse de Polícias Militares de outros estados brasileiros, para a disseminação do modelo adotado\", informa.

A implantação dos Numecs tem como principal objetivo a atuação dos PMs sobre os conflitos de proximidade e vizinhança. Eles auxiliam os cidadãos na resolução de controvérsias, otimizando o emprego de recursos humanos e materiais da corporação e contribuindo para a redução de infrações penais.  A SSP informa que a mediação comunitária é exercida pela PM paulista desde 2011, por meio de diversas iniciativas que ocorreram na região metropolitana de São Paulo e em várias regiões do interior. Entretanto, Araçatuba, por meio CPI-10, foi pioneira nas homologações judiciais oficiais por meio de parceria com o Cejusc.

Fonte: http://www.folhadaregiao.com.br/araçatuba/núcleo-de-mediação-de-araçatuba-vira-exemplo-do-serviço-no-pa%C3%ADs-1.353900

Créditos da imagem: http://estadodedireito.com.br/obrigatorio-na-mediacao-obrigatoria/

logo